Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PERDER BEM por Filipe Nunes Vicente

21.04.22

 

Para rematar o texto anterior sobre a colonização parental. É verdade que existem outras câmaras de video-vigilância ( purgo-me escrevendo estes termos orwellianos). Quando os filhos já são adultos é altura de fazer o balanço: demos ou não o nosso melhor para piorar as coisas? Então alinhavemos umas coisas sobre ecologia parental.

Nas Preocupações  de um Pai de Família ( uso a tradução de Willa  e Edwin Muir), uma curtíssima história de Kafka, aparece este ser: o Odradek. A palavra é  de origem eslava ou talvez a adaptação eslava do antigo alemão. Um ser meio-mendigo meio-pedaço de madeira, quase um espantalho feito de pedaços de roupa velha: quando fala soa como o restolhar de folhas caídas, escreve o pai de família. Estará sempre  a rolar pelas escadas, aos pés dos meus filhos  e dos filhos dos meus filhos. A ideia de que me sobreviverá é particularmente  penosa.

Tudo isto pode ser o que quiserem. Para mim é o que todos os pais deviam sentir: estamos de passagem, estraguemos pouco.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub