Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PERDER BEM por Filipe Nunes Vicente

08.09.22

Vou ao cemitério de vez em quando, mais por obrigação do que por outra coisa. A falta que ela me faz é aqui em casa, foram quarenta  anos juntos. 

Para já evita as fotografias. Estou convencido de que há lá um diabo ou um tipo do impostos, sobretudo  nas emolduradas.

Soluções não existem, mas problemas posso servir. Esta é a situação  que devia autorizar a psicose. Serve-lhe  uma salada de maçã e queijo fresco, vai à  praia, dá-lhe  a mão e borrifa-a com água bem salgada. Ao serão vejam um filme juntos e pisquem um tinto unoaked. Pela noite alta deita a cabeça na almofada ao lado dela e sorri.

A alternativa é lavar os  dentes todos os dias e receber os elogios pela compostura.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub